Conhecimento Acima do Bem Tangível

A crescente velocidade das demandas do mercado interdependente vem exigindo uma nova concepção de gestão. Desde a década de 90, surge a era do conhecimento, cada vez mais presente devido sua contribuição para valorizar os recursos intangíveis. Não obstante, a gestão do conhecimento poderá ser um fator de geração de competitividade.

Enquanto processo dinâmico, é importante definir as diferenças entre dado, informação e conhecimento, geralmente tratados como sinônimos.

Dado

Consiste em uma simples observação, fácil de qualificar, pode ser obtida por máquinas e pode ser transferido.

Informação

São dados munidos de propósito, requer análise, demanda e mediação humana.

Conhecimento

Constitui o processamento de informação valiosa na mente humana, inclui reflexão, de difícil estruturação, não pode ser captada por máquinas, difícil transferência.

 

Para melhor compreensão, analisa-se o conhecimento sob dois aspectos distintos, embora um esteja relacionado e interage com o outro. O conhecimento tácito e o conhecimento explícito.

O conhecimento tácito é a experiência de vida, noção, discernimento, consciência de si mesmo, senso comum, popular, vulgar, empírico, restrito ao indivíduo. Para Santana1, o conhecimento tácito é sutil fica e armazenado no cérebro humano, aguardando o contexto adequado para ser praticado.

O conhecimento explícito por ser coletivo, desenvolve um processo de aprendizagem organizacional. Neste contexto, a gestão do conhecimento consiste capturar, treinar, gerir, medir, disseminar e reter o conhecimento.

A perfeita interação entre o conhecimento tácito e o conhecimento explicito define-se por conversão do conhecimento, ocorre sempre que o conhecimento individual, ou tácito, transfere para conhecimento explicito ou coletivo. O inverso também é verdadeiro.

Quem detém o conhecimento precisa disseminá-lo para todas as pessoas da empresa, as quais passam a adquirir novas competências e forma-se novos talentos. Assim se forma o capital intelectual, um bem intangível de difícil mensuração, associado a marcas, patentes e outros.

Capital Intelectual

Quanto vale a empresa?

Alguns autores avaliam o capital intelectual sendo a diferença entre o valor de mercado e o valor contábil do patrimônio da empresa, portanto, o valor da empresa está acima do bem tangível.

No dizer de Demis Tsichztziz, vivemos em uma sociedade onde a informação e barata, o conhecimento e caro e a sabedoria e rara.


Sadi Zamin
Administrador com Habilitação em Agronegócios; Pós Graduado em: Administração e Estratégia Empresarial; em Gestão Empresarial; e em Gestão Estratégica de Pessoas. Consultor e Fundador da Humanizare Desenvolvimento Pessoal e Profissional. Contato: sadi@humanizare.com.br

Sadi Zamin

Para saber mais
  1. SANTANA, Eloisa Pio de. Como gerenciar a prática da gestão do conhecimento nas organizações. In: V WORKSHOP INTERNACIONAL SOBRE INTELIGÊNCIA INTERNACIONAL E GESTÃO DO CONHECIMENTO NA EMPRESA, nov-2004, Recife-PE. Anais do Evento Recife-PE. Disponível em: <http://www.redciencia.cu/empres/Intempres2004/Sitio/Ponencias/41.pdf>. Acesso em 10 mai 2010.

Comentários

Artigos Relacionados

CHA – As três dimensões
Da Maturidade Emana a Sabedoria
Quem é o Substituto?